Barragem no rio Cricaré vai armazenar 400 milhões de litros de água

0
371

O prefeito de Nova Venécia, Lubiana Barrigueira, esteve no município de São Gabriel da Palha, na tarde de ontem, dia 9, onde se reuniu com o secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, para discutir sobre o Programa Estadual de Construção de Barragens que prevê a implantação de 60 reservatórios de água no interior do Estado até 2018. Nova Venécia está entre os municípios e será contemplada com duas barragens.

A reunião também contou com as presenças da prefeita de São Gabriel da Palha, Céia Ferreira, da deputada estadual, Raquel Lessa, do secretário de Agricultura de Nova Venécia, Natalino Cassaro, do superintendente OCB/ES, Carlos André Santos de Oliveira, além de lideranças locais, representantes de outros municípios contemplados e da equipe da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag).

Na ocasião, foram apresentados alguns projetos de barragens que estão prestes a serem iniciados, entre eles o da barragem que será construída no rio Cricaré, no “Apertado”, na região de Luzilândia. A barragem terá capacidade para armazenar 400 milhões de litros de água numa área de 15 hectares de terra, sendo 2,5 quilômetros de extensão de área alagada. O barramento terá oito metros de altura e será construído em concreto.

O secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, destacou que a barragem trará inúmeros benefícios para a região. “O consumo de água para irrigação, indústria e na cidade aumentou. Além de diálogo sobre o uso correto de água por todas as partes, temos que investir em armazenar água. Até o final de 2018 serão 60 em todo o Estado. Em Nova Venécia temos que agradecer ao Sicoob que doou o projeto de engenharia, que será entregue até o dia 30. Vamos licitar a obra no início do ano e a construção deve começar até maio”, disse o secretário.

A outra barragem será construída, posteriormente, em Nova Venécia, no rio XV. Lubiana Barrigueira destacou a importância das obras para o município. “Há quase cinco anos estamos passando por um período de estiagem complicado e armazenar água é fundamental para lidar com essa situação. A seca é uma realidade então nós precisamos nos adaptar a ela. Essa iniciativa chega num importante momento”, disse o prefeito.

O programa do Governo prevê um investimento de R$ 60 milhões, por meio de recursos da Seag.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*