Barrigueira assina repasse de quase R$ 730 mil para Casa do Vovô e APAE

0
116

O prefeito de Nova Venécia, Lubiana Barrigueira, assinou na tarde da última terça-feira (09), termo de colaboração autorizando o município a repassar recursos de quase R$ 730 mil às entidades Casa do Vovô e APAE. O valor é referente ao exercício de 2018 e será disponibilizado mensalmente, durante o decorrer do ano.

Para a Casa do Vovô “Augustinho Batista Veloso”, o município vai repassar R$ 308.282,40. Já através do Fundo Estadual de Assistência Social, a entidade vai receber mais R$100 mil, totalizando R$408.282,40, somente ao abrigo. A Casa do Vovô, fundada em 1981, atende idosos com mais de 60 anos. Atualmente, 25 internos estão no local. Lá eles recebem carinho e atenção da equipe de trabalho.

A previsão de subvenção social para a APAE de Nova Venécia, por parte do município, é de R$ 249.031,72. Além disso, a Associação receberá mais R$ 70.075,00 do Governo do Estado, totalizando R$ 319.106,72. Fundada em 1986, a APAE promove ações de defesa de direitos, prevenção, orientações, prestação de serviços, apoio à família, direcionadas à melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência e à construção de uma sociedade justa e solidária. Atualmente, a entidade atende 115 pessoas com deficiência e seus familiares, oferecendo fisioterapia, fonoaudiologia, atendimento psicológico, assistência social, atividades cotidianas, oficinas de arte, capoeira, dança, música, atendimento especializado e informática.

De acordo com o prefeito Barrigueira, a iniciativa visa atender as famílias, indivíduos e grupos em situação de vulnerabilidade ou risco social e pessoal. “É preciso reconhecer o importantíssimo papel dessas grandes entidades em nosso município. Mais do que justo tratar essa questão com prioridade. Essa iniciativa faz realmente a diferença na qualidade de vida dessas pessoas. É um investimento significativo de responsabilidade que reafirma o nosso compromisso em poder contribuir com esse trabalho e dedicação das pessoas envolvidas”, afirma o prefeito.

Os repasses às entidades beneficiárias são aplicados exclusivamente em despesas de custeio, manutenção de serviços prestados pela entidade dentro de seus objetivos afins, bem como as despesas ocorridas no exercício do ano.

Os recursos provenientes do município são por meio do Fundo Municipal de Assistência Social. A parte que é de responsabilidade do Estado é proveniente do Fundo Estadual de Assistência Social.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*