Câmara aprova abertura de crédito suplementar para o município

0
40

Os vereadores autorizaram a utilização de crédito suplementar de R$ 884 mil para programas da Secretaria Municipal de Assistência Social na sessão de ontem, terça-feira (15). O valor é resultado de um superávit da própria secretaria e será destinado a programas sociais como Bolsa Família, projetos do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Casa Lar, entre outros.

O parecer da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara foi favorável à suplementação e os demais parlamentares aprovaram o superávit financeiro.

O superávit orçamentário só pode ser utilizado pela prefeitura após aprovação dos vereadores. O projeto de lei 23/2018, de iniciativa do prefeito Mário Sérgio Lubiana, foi enviado à Câmara para solicitar essa permissão.

Conforme determina o regimento interno da Câmara, devido à votação de matéria orçamentária, o expediente da sessão foi reduzido para 30 minutos.

A sessão contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Laranja da Terra, Gilson Gomes Filho (PMB).

Confira o resumo da sessão:

Cabo Tikeira (PV) solicitou a limpeza dos cemitérios da cidade e a pintura da faixa de pedestre em frente aos Supermercados Economia dos bairros Filomena e Rúbia.

Biel da Farmácia (PV) visitou a escola de Boa Vista e relatou falta de materiais na unidade de ensino. O vereador também criticou o trânsito da cidade, principalmente na 2ª ponte.

Mir de Guararema (PDT) anunciou que a Cesan fará um investimento emergencial para resolver o problema da água em Cedrolândia.

Zequinha Brasileiro (PV) voltou a pedir que o município faça a limpeza dos cemitérios da cidade.

Gleyciaria Bergamim (DEM) falou sobre a agenda de reuniões em Vitória na semana passada. Uma das pautas da reunião na Casa Civil foi à conclusão das obras das cabeceiras de pontes na ES 381.

Juarez Oliosi (PSB) destacou que a falta de um Serviço Médico Legal na cidade tem provocado problemas e constrangimentos aos familiares de pessoas falecidas. O vereador sugeriu o envio de um requerimento ao Governo do Estado.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*