Câmara assina autorização para abertura de acesso à Delegacia

0
449
Termo de Compromisso para abertura de portão e alteração no patrulhamento rural foram assinados no gabinete do presidente Juarez Oliosi

Foi assinado nesta terça-feira (19) um Termo de Compromisso de Uso de Espaço Público, no gabinete do presidente da Câmara de Vereadores, Juarez Oliosi (PSB), que autoriza a abertura de um portão entre o muro da delegacia e o pátio do legislativo, com a finalidade de guardar os carros que são apreendidos pela Polícia.

O documento de acesso foi assinado entre Juarez Oliosi, o delegado Líbero Penello de Carvalho Filho, e o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Dal Col. Na reunião estavam também os vereadores Cimar do Altoé (PHS), Gleyciária Bergamim (DEM) e Cláudio do Granito (PTB). A autorização foi um consentimento de todos os vereadores.

Mais de 200 veículos apreendidos permanecem estacionados na frente da Delegacia e área interna do local. Com a medida, os veículos vão entrar pelo estacionamento do legislativo, e serão estacionados no próprio espaço da delegacia, que no momento está sem uso e finalidade.

A ação foi uma indicação do vereador Luciano Márcio (PSB), junto com o delegado e o tenente coronel, e teve o pedido atendido por Juarez Oliosi, e os outros vereadores.

O projeto tem a parceria entre Policias Civil, Militar, Prefeitura e o Poder Legislativo. O problema da falta de local para estacionamento de veículos apreendidos surgiu em 2015, momento em que o Governo do Estado aboliu os pátios que ficavam alojados os veículos.

Patrulhamento rural

Estando em vigor desde 31 de janeiro, o patrulhamento rural será alterado. Os vereadores Juarez Oliosi e Gleyciária Bergamim entregaram um documento nesta terça-feira (19), ao tenente coronel Dal Col, para mudar os horários de patrulhamento no interior. O documento foi assinado por todos os vereadores. Tendo a iniciativa autorizada por Dal Col, agora o interior vai contar com o patrulhamento das 17h às 0h, alterando o que era feito antes. “Durante o dia o homem do campo não precisa do patrulhamento. Depois das 17h é que acontecem os roubos de bomba, da colheita, assaltos, esse é o horário que o agricultor teme”, diz Juarez.

De acordo com a vereadora Gleyciária, a preocupação com os moradores e trabalhadores do campo vem aumentando a cada dia. “Os crimes têm aumentado na zona rural, é de total importância levar segurança para aqueles que colocam na mesa do Brasil, os alimentos que consumimos. Esta mudança vai fazer diferença. Sobre a abertura do acesso da delegacia, a iniciativa é excelente, eu já havia argumentado sobre este problema. Agora apresentamos a solução”, diz.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*