Combate aos crimes virtuais ganha reforço no Espírito Santo

0
42

Os capixabas, que sofrem diariamente com infrações cometidas através da internet, acabam de ganhar um novo aliado. Para receber denúncias e combater este tipo de crime, o deputado estadua, Vandinho Leite, criou a CPI dos Crimes Cibernéticos, que tem como objetivo, apurar as denúncias, sempre de forma sigilosa.

Atuando como presidente da CPI, Vandinho Leite, destaca. “O Brasil é o segundo país no mundo com maior número de crimes cibernéticos. A ideia é apurar os casos e debater o aparato público para combater o crime virtual, trabalhando em parceria com outras instituições como a Defensoria Pública e o Ministério Público. Vamos solicitar ao Governo do Estado equipamentos técnicos para melhorar o trabalho dos profissionais que atuam na delegacia dos crimes virtuais. Queremos melhorar o atendimento das ocorrências e a estrutura física da delegacia,” informou o parlamentar.

O delegado Breno Andrade, responsável pela delegacia de crimes virtuais, informou que em 2018 foram registradas mais de duas mil ocorrências contra crimes cibernéticos. “São 15 denuncias feitas contra crimes virtuais todos os dias no estado. São comuns os crimes de estelionato, que são cometidos através de plataformas de venda, crimes relacionados à difamação e injuria, além de vários casos de pedofilia,” completou o delegado.

Os crimes através da internet têm punição. As denúncias são sigilosas e podem ser feitas por telefone, nos números: (27) 3382-3589 / 3382-3748 ou pelo e-mail: cpi.crimesciberneticos@al.es.gov.br

Compartilhar

Deixe uma resposta

*