Comércio lotado e filas na Semana da Pechincha

0
711
» Clientes aproveitam semijoias abaixo do preço de custo e fazem fila na Taufner Joias

A 20ª edição da Semana da Pechincha tem mudado o comércio de Nova Venécia. Além das lojas lotadas, muitas calçadas têm sido palco de filas, com a população aguardando a vez para entrar e fazer suas compras.
Entre as 83 lojas que aderiram à Pechincha, o proprietário da Taufner Joias, Ranieli Taufner Rolim, se diz satisfeito com as vendas, tendo desde a última sexta-feira, dia 1º, seu estabelecimento lotado de clientes, e com filas de espera na porta.
“Estamos vendendo semijoias e folheado, entre brincos, cordões, anéis e pulseiras. Está muito bom, não sei se iremos vender mais que o ano passado, mas creio que sim, as expectativas são positivas”, fala Ranieli.
De acordo com o empresário, algumas mercadorias da loja, estão com preço abaixo do valor de custo, e outras, com 30% de desconto, e com preços a partir de R$ 15.
Também participando da Semana da Pechincha, a Rede Ferrari traz com o Posto São José, o litro de gasolina vendido a R$ 3,89, podendo ser pago no dinheiro ou cartão. O São José pretende vender 80 mil litros do combustível até o final da campanha.
“A média são 11 mil litros de gasolina ao dia. A população tem comparecido, tanto é que, as filas de espera têm sido grandes”, diz a auxiliar administrativo da Rede, Patrícia Medeiros.
Já na Loja Dino’s, a campanha tem estimulado clientes, que estão aproveitando o momento, para comprar camisas a preço de R$ 39,90 e calças de R$ 89,90.
“Temos momento de filas, mas em outros, o movimento fica menor. Vejo que o ano passado foi mais proveitoso. Ainda não fizemos a soma do que foi vendido. Mas acredito que nesses últimos dias, a tendência é melhorar”, comenta o proprietário Adino Gusson Gera.
A Semana da Pechincha vai até o próximo sábado, dia 9. Toda loja participante da campanha, está com cartazes fixados no estabelecimento.

» Veículos estacionados à espera de abastecimento, com gasolina a R$ 3,89 no Posto São José
Compartilhar

Deixe uma resposta

*