Controle de qualidade do leite é seguido à risca na Veneza

0
65
A Veneza trabalha com uma política rigorosa que segue à risca as normas de produção e os cuidados que vão desde a ordenha do leite até o devido processo final de industrialização

O leite e seus derivados estão entre os alimentos mais fiscalizados e avaliados do ponto de vista de controle de qualidade. Isso se dá por causa de sua origem perecível e a importância que representa na alimentação humana.

Para obter o resultado ideal, é fundamental que a matéria-prima seja conduzida de acordo com as exigências legais desde a saída do leite da propriedade rural até a chegada à usina de beneficiamento, além de monitoramentos constantes em todas as etapas de produção dentro da indústria e o sistema de distribuição até o cliente.

A Cooperativa Veneza trabalha com uma política rigorosa que segue à risca as normas de boas práticas de manipulação que se inicia na ordenha do leite, recepção e armazenamento do leite cru, beneficiamento do leite e todas as etapas de fabricação de cada produto, fazendo com que chegue à mesa do consumidor dentro dos padrões de segurança alimentar. Essa é a principal razão da boa aceitação popular dos produtos que carregam a marca Veneza no mercado.

Quando o leite chega ao parque industrial da usina de beneficiamento é retirada uma amostra e levada direto ao laboratório de físico-química. Essa amostra é submetida a testes de avaliação onde é verificada a qualidade. Lá são efetuadas análises, conforme as normas vigentes, visando garantir a qualidade do leite para industrialização de produtos como queijos, fermentados, doces, entre outros.

A responsável pelo setor de qualidade da Veneza, Naiara Sarmenghi Moura, atribui a credibilidade da marca à maneira de lidar com a questão. “A Veneza possui como política de qualidade fabricar produtos lácteos dentro dos padrões legais de segurança alimentar, além de sempre desenvolver produtos inovadores para atender de forma satisfatória todos seus consumidores como os produtos zero lactose e zero açúcares”, frisa.

A Veneza realiza análises em laboratório interno no qual são verificados os parâmetros de acidez, teor de gordura, crioscopia, densidade, antibiótico, alizarol e análises para detecção de fraudes no leite. Mensalmente são realizadas coletas de amostras que são encaminhadas para laboratório externo para realização de análises de gordura, lactose, proteínas, extrato seco total, extrato seco desengordurado, CCS – Contagem Células Somáticas e CBT- Contagem Bacteriana Total. A Veneza adota uma política de incentivo; os resultados das análises influenciam diretamente no valor pago pelo leite.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*