Da Vitória considera que Moro acertou ao fatiar pacote anticrime

0
57

Vice-líder do PPS na Câmara, o deputado federal Da Vitória disse, nesta terça-feira (19), que o ministro da Justiça, Sérgio Moro, acertou ao fatiar em três projetos de lei o chamado “pacote anticrime”. Na avaliação do parlamentar capixaba, Moro decidiu separar as medidas anticorrupção das questões ligadas à organização criminosa e o crime violento após dialogar com deputados e senadores.

“O ministro Moro sentiu o termômetro da Casa quando debateu o pacote com a Frente da Segurança. Viu que o governo teria dificuldades de aprovar todas as mudanças de uma só tacada. É preciso muito fôlego para isso”, afirmou Da Vitória.

A cerimônia de entrega das medidas que alteram a legislação para endurecer contra a corrupção e as organizações criminosas aconteceu no Salão Verde do Congresso, na tarde desta terça-feira. Além de Sérgio Moro, participaram do evento os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o da Economia, Paulo Guedes.

O deputado capixaba e integrante da Frente Parlamentar da Segurança disse ainda que a estratégia de dividir a proposta Moro demonstra “apreço à opinião dos parlamentares”.

Tramitação Rápida

Da Vitória afirmou ainda que prevê que o pacote anticrime terá tramitação rápida na Casa. “Essas medidas precisam ser chanceladas logo. É isso que espera a população. É preciso endurecer contra o crime organizado e as práticas corruptas”, finalizou.

Os textos dos projetos alteram 14 leis e endurecem penas de diversos crimes. Entre as propostas apresentadas pelo ministro Sérgio Moro estão a criminalização do caixa 2 (dinheiro de campanha não contabilizado oficialmente) e a autorização para prender pessoas condenadas criminalmente em segunda instância.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*