Economia do Brasil já voltou a crescer, diz presidente do Santander

0
60

TÁSSIA KASTNER E RENATA AGOSTINI
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O presidente do Santander, Sérgio Rial, disse acreditar que a economia brasileira já voltou a crescer e que há sinais de melhora no varejo e também no segmento de financiamento de veículos.
“Eu recomendo que a gente saia da agenda de achar que o Brasil não voltou a crescer, porque isso já tá acontecendo. A gente tem que entrar numa agenda de qual é esse crescimento, para onde vai, estamos indo rápido o suficiente?”, afirmou em entrevista após reunião com investidores.
“A agenda de discutir se vamos voltar a crescer já passou, está olhando no retrovisor”, complementou.
O Santander espera que a economia brasileira vá crescer 0,7% neste ano.
O banco registrou retomada do crescimento nos empréstimos no fim do ano passado. Questionado sobre os primeiros meses deste ano, Rial disse que há sinais de crescimento no varejo, apesar da base de comparação negativa.
FGTS
Rial afirmou que a medida de liberação do saldo das contas inativas do FGTS é um grande avanço, porque transfere a decisão de alocação de recursos para as pessoas.
O próximo passo, afirma, é a discussão do que ele chama de “assimetrias” no sistema financeiro com o crédito direcionado e com taxas de juros baixas. “Boa parte do que acontece no Brasil é crédito direcionado. Alguém determinou o que os cinco grandes bancos têm que fazer”, critica. Ele acrescenta que isso impede os bancos de concorrer entre eles e baixar a taxa de juros.
Para ele, há disposição dos bancos e do governo de conduzir uma agenda ordenada neste tema.

Fonte: FolhaPress