Educação do ES é destaque nacional

0
32
Os resultados estão sendo comemorados pelo governador Paulo Hartung e pelo secretário da Educação, Haroldo Rocha

Os bons resultados da Educação do Espírito Santo no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) têm sido destaque em artigos de renomados especialistas nacionais. Nesta sexta-feira (09), Cláudia Costin que é diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas (FGV), publicou um artigo no jornal Folha de São Paulo, que fala sobre “O legado do Espírito Santo” e as nossas boas políticas públicas.

Priscila Cruz, fundadora e presidente-executiva do movimento Todos Pela Educação, também publicou hoje o artigo “Não há solução mágica para a educação”, no jornal Estadão, mencionando o Espírito Santo como um ótimo resultado que deve ser expandido para o país.

Para o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, a implantação de programas prioritários, como Escola Viva, Jovem de Futuro e o Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes) colaboraram para o sucesso alcançado, junto com a participação da família, o empenho dos professores e a dedicação dos estudantes. “Se olharmos os outros estados, podemos ver que o Espírito Santo é o que mais cresceu nessa década em aprendizagem. Algo diferente está sendo feito aqui e isso nos indica que estamos na direção certa”, destaca.

Ideb

Segundo o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), as escolas do Espírito Santo têm o melhor Ensino Médio do Brasil. Considerando as escolas públicas e privadas, o Estado teve a média 4,4 no Ensino Médio.

O crescimento da rede pública estadual do Espírito Santo é o maior registrado desde que o indicador foi criado, em 2005. De acordo com resultado, o Espírito Santo também tem a melhor nota em termos de desempenho acadêmico dos estudantes. Pela primeira vez o Estado lidera nas disciplinas Matemática e Língua Portuguesa, alcançando a melhor proficiência no Ensino Médio do País. Esse resultado é referente ao Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

O Ideb é um indicador geral da educação nas redes privada e pública, uma espécie de nota. Para chegar ao índice, o MEC calcula a relação entre rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e desempenho no Saeb/Prova Brasil aplicada para crianças do 5º e 9º ano do fundamental e do 3º ano do ensino médio. O índice é divulgado a cada dois anos e tem metas projetadas até 2021, quando a expectativa para os anos iniciais da rede estadual é de uma nota 6,0.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*