Esperancense lança aplicativo para apoio ao produtor rural

0
171
» Esses são alguns tópicos da pimenta-do-reino, por exemplo, que é muito cultivada na região

O cientista da computação, Alexandre Galvão Alves, 30 anos, lançou no mês passado um aplicativo de celular para levar informações oportunas e precisas ao produtor rural sobre o agronegócio brasileiro.
O programa, intitulado Apoio Rural, é uma iniciativa de cunho social e reúne dentro dele, informações sobre a melancia, o maracujá, o mamão, a pimenta-do-reino, a banana, a abelha (apicultura), o melão, o milho, a soja e o abacaxi.
De acordo com Alexandre, a iniciativa partiu após ele perceber que várias notícias que podem beneficiar o produtor rural deixam de chegar a ele por estarem em sites de difícil acesso. “Mesmo com a tecnologia avançada, sabemos que o acesso à internet em algumas localidades ainda é complicado. O aplicativo visa facilitar esse acesso do produtor e levar informações de qualidade a ele”, disse.
Além disso, ele disse ter percebido que na loja de aplicativo do Google não tem quase nada referente à agricultura. “É bem escasso”, afirmou.
Segundo ele, a sua principal fonte de inspiração foi sua família. “Meu pai trabalha há anos no meio rural e, mesmo eu seguindo um caminho inverso, gosto muito do agronegócio, então, juntei as duas coisas”.
Nos aplicativos, ele publica diversos assuntos que podem ajudar o produtor no seu cultivo, como a cultura do produto, como produzi-lo, o controle alternativo de pragas e doenças, a adubação, além de pesquisas.
Segundo ele, os dados sobre os produtos atuais estão sendo fornecidos pela Embrapa. Por isso, ainda não há uma área específica para o café, por exemplo. “Sabemos que é a principal fonte de renda do produtor da nossa região, mas quem poderia ceder esses dados seria o Incaper e ainda não consegui um contato com eles. Prefiro esperar e fazer completo, do que deixar dúvidas dentro do aplicativo”, disse.
De acordo com Alexandre, o objetivo é, no futuro, acrescentar mais produtos além de mais informações, como a cotação de cada um.
A princípio, o aplicativo está disponível somente para Android e é gratuito. Também está em desenvolvimento, o site www.apoiorural.org, que fornecerá informações aos produtores.
Alexandre é formado em Ciência da Computação pela faculdade Unipac, de Teófilo Otoni (MG), e trabalha como Assessor de Comunicação na Câmara de Vereadores de Boa Esperança.

» O aplicativo desenvolvido pelo cientista da computação, Alexandre Galvão Alves, pode ser encontrado no Play Store, em celulares Android, e contém diversas informações sobre a melancia, o maracujá, o mamão, a pimenta-do-reino, a banana, a abelha (apicultura), o melão, o milho, a soja e o abacaxi
Compartilhar

Deixe uma resposta

*