Estado estuda novo local para implantação de barragem em Vila Pavão

0
398

Após novos estudos, os técnicos do Governo do Estadual decidiram mudar o local onde será projetada a primeira barragem de grande porte no município de Vila Pavão.

O  novo ponto de estudo fica situado exatamente no local onde a Cesan faz a capacitação de água que abastece a cidade, no Córrego do Socorro, zona rural, distante cerca de sete quilômetros da sede do município.

A mudança objetiva aumentar o volume de água reservada.  De acordo com os técnicos, no novo ponto, a capacidade de armazenamento será três vezes maior que no ponto anterior.

O curso d’água a ser barrado é o Córrego do Socorro, situado na bacia do Rio Cricaré.  A área a ser inundada será de 10,00 a 12,00 hectares. A barragem deverá ter uma altura entre 7 e 10m, atingindo áreas de terras de sete proprietários rurais.  Pelos cálculos dos técnicos, o volume água a ser reservada é da ordem de 350.00 m³.

As visitas técnicas de inspeção a campo para definir possíveis áreas para implantação do projeto iniciaram no mês de maio de 2016, pela equipe técnica da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento Aquicultura e Pesca (SEAG),  CESAN e representantes da Prefeitura de Vila Pavão.

Quarta reunião

A fase mais delicada da implantação do projeto está relacionada ao processo de indenizações dos proprietários das áreas que serão alagadas.

Na tarde da última segunda-feira (24), representantes da Prefeitura de Vila Pavão se reuniram pela quarta vez com os proprietários. No encontro foi iniciado a discussão em torno da  avaliação das áreas atingidas, bem como, as  benfeitorias existentes nelas:  plantações,  casas, currais e outros que serão removidos ou perdidos,  no momento em que se iniciar a construção da barragem.

Uma comissão de avaliação composta pelo secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, um engenheiro civil, um advogado, um técnico agrícola, um corretor de imóveis e dois vereadores foi criada para avaliar e assessorar as negociações.

O Prefeito Irineu Wutke e o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, José Henrique Martins estão trabalhando intensamente na efetivação do projeto.  “Os produtores das áreas envolvidas na barragem já perceberam que esse empreendimento é uma riqueza incalculável que beneficiará, eles próprios, a comunidade local e ainda uma parcela grande da população pavoese que sofre com a falta de água nos períodos de estiagem, por isso, acreditamos que a questão terá um desfecho positivo”, ponderou o prefeito Irineu.

O secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, José Henrique Martins, enfatizou que em recente conversa com o secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, ficou claro a determinação do Governo Estadual de implantar a barragem em Vila Pavão.  O secretário afirma que as discussões com os proprietários das áreas a serem indenizadas estão evoluindo e tudo leva a crer que um consenso entre as partes está próximo de acontecer.

O objetivo de construção da barragem no Córrego do Socorro  é reservar água para garantir a segurança hídrica e a regularidade do abastecimento público. Beneficiará diretamente os  produtores locais nas suas necessidades humanas, produção agrícola e animal.

Além de acumular água, a barragem será útil nas cheias, ajudando a regularizar o nível das vazões.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*