Estado lança edital de concurso com 1.025 vagas para professor e pedagogo

0
3239

O Governo do Estado vai publicar, nesta sexta-feira (12), no Diário Oficial do Estado, o edital do concurso público para o preenchimento de 1.025 vagas para professor e pedagogo. A empresa organizadora do concurso é a Fundação Carlos Chagas e as inscrições serão abertas na segunda-feira (15), a partir das 10 horas e encerradas às 14 horas do dia 05 de fevereiro, no site www.concursosfcc.com.br.

“Realizar um concurso na Educação é uma tarefa trabalhosa, mas muito importante para melhorar a qualidade do ensino na rede pública estadual. Neste concurso teremos também a abertura de 87 vagas para pedagogos. Queremos atrair profissionais de todo o Brasil para a nossa rede”, destaca o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.

Os salários dos professores da rede estadual podem variar entre R$ 1.982,55, para docentes com licenciatura plena, e R$ 3.554,92, para os com doutorado, por 25 horas semanais. Além do acréscimo do auxílio alimentação.

Vale destacar que, pelo plano de carreira do magistério estadual, a jornada básica de 25 horas pode ser estendida para até 44 horas semanais, possibilitando uma remuneração de até R$ 3.489,28 para docentes com licenciatura plena e R$ 6.256,65 para os com doutorado.

Todas as informações sobre o concurso estarão disponíveis no edital que será publicado, nesta sexta-feira (12), no Diário Oficial do Estado e no site da Sedu – www.educacao.es.gov.br.

Vagas

As vagas serão para 78 municípios capixabas e distribuídas por cargo/disciplina: Pedagogo (87 vagas), Arte (58 vagas), Biologia/Ciências (108 vagas), Educação Física (73 vagas), Espanhol (01 vaga), Filosofia (03 vagas), Física (67 vagas), Geografia (117 vagas), História (58 vagas), Língua Inglesa (10 vagas), Língua Portuguesa (170 vagas), Matemática (227 vagas), Química (44 vagas), Sociologia (02 vagas).

As vagas foram disponibilizadas após conclusão do concurso de remoção em agosto, quando mais de mil professores efetivos foram contemplados com a mudança para outra escola em caráter definitivo.

As vagas distribuídas por município são: Afonso Cláudio (20 vagas); Água Doce do Norte (11 vagas); Águia Branca (03 vagas); Alegre (16 vagas); Alfredo Chaves (04 vagas); Alto Rio Novo (04 vagas); Anchieta (04 vagas); Apiacá (01 vaga), Aracruz (33 vagas); Atílio Vivácqua (01 vaga); Baixo Guandu (06 vagas); Barra de São Francisco (11 vagas); Boa Esperança (07 vagas); Bom jesus do Norte (01 vaga), Brejetuba (13 vagas); Cachoeiro de Itapemirim (40 vagas); Cariacica (180 vagas); Castelo (02 vagas); Colatina (24 vagas); Conceição da Barra (09 vagas); Conceição do Castelo (03 vagas); Divino de São Lourenco (04 vaga); Domingos Martins (05 vagas); Dores do Rio Preto (02 vagas); Ecoporanga (26 vagas); Fundão (04 vagas); Governador Lindenberg (07 vagas); Guaçuí (05 vagas); Guarapari (25 vagas); Ibatiba (04 vagas); Ibiraçu (05 vagas); Ibitirama (04 vaga); Iconha (05 vagas); Irupi (07 vagas); Itaguaçu (04 vagas); Itapemirim (05 vagas); Itarana (04 vagas); Iúna (05 vagas); Jaguaré (03 vagas); Jerônimo Monteiro (05 vagas); João Neiva (02 vaga); Laranja da Terra (02 vagas); Linhares (51 vagas); Mantenópolis (06 vagas); Marataízes (01 vagas); Marechal Floriano (03 vagas); Marilândia (06 vagas); Mimoso do Sul (01 vagas); Montanha (07 vagas); Mucurici (04 vagas); Muniz Freire (04 vagas); Muqui (05 vagas); Nova Venécia (07 vagas); Pancas (09 vagas); Pedro Canário (14 vagas); Pinheiros (07 vagas); Piúma (02 vagas); Ponto Belo (04 vagas); Presidente Kennedy (03 vagas); Rio Bananal (05 vagas); Rio Novo do Sul (08 vagas); Santa Leopoldina (03 vagas); Santa Maria de Jetibá (19 vagas); Santa Teresa (08 vagas); São Domingos do Norte (09 vagas); São Gabriel da Palha (01 vaga); São José do Calçado (01 vaga); São Mateus (12 vagas); São Roque do Canãa (05 vagas); Serra (187 vagas); Sooretama (10 vagas); Vargem Alta (01 vaga); Venda Nova do Imigrante (02 vagas); Viana (27 vagas); Vila Pavão (01 vaga); Vila Valério (04 vagas); Vila Velha (45 vagas) e Vitória (17 vagas).

Com este concurso, as vagas atualmente ocupadas por professores com contrato de designação temporária serão substituídas por efetivos. Assim, o Governo do Estado ganhará na operacionalidade e serão otimizados recursos.

O último concurso público para o magistério foi realizado em 2015, em que foram abertas 1.178 vagas para 76 municípios capixabas.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*