Estudantes da rede estadual se preparam para avaliação nacional

0
100

As escolas estaduais do Espírito Santo estão se preparando para Prova Brasil. A avaliação será aplicada entre os dias 23 de outubro e 03 de novembro e irá avaliar os conhecimentos dos estudantes capixabas em Matemática e Língua Portuguesa.

Os resultados da avaliação vão ajudar no desenvolvimento de políticas públicas para atender às necessidades dos sistemas de ensino, beneficiando toda a comunidade escolar, gestores públicos e a sociedade como um todo.

A prova será realizada para todos os estudantes do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e também para a 3ª série do Ensino Médio. Cada escola agendou o seu dia de prova, na próxima semana.

“É muito importante a participação de todos os estudantes e que eles realizem a prova de forma mais consciente e responsável. A avaliação vai nos oferecer uma visão distanciada e potencialmente mais crítica dos processos pedagógicos e do funcionamento das escolas”, destaca o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.

Durante os meses de setembro e outubro, os estudantes receberam orientações e participaram de ações motivacionais realizadas pelas escolas estaduais. O objetivo é reforçar a importância de todos estarem envolvidos e motivando os alunos para garantir uma presença de 100% na Prova Brasil.

Nesta edição, a Prova Brasil deixou de ser amostral para os estudantes do 3ª série do Ensino Médio e passou a ser censitária, envolvendo, também, os estudantes da 4ª série da Educação Profissional.

Prova Brasil

A Prova Brasil e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) são avaliações para diagnóstico, em larga escala, desenvolvidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC).

O objetivo é avaliar a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional brasileiro a partir de testes padronizados e questionários socioeconômicos. No total, o Inep prevê que cerca de 7,5 milhões de estudantes façam as provas.

Nos testes aplicados na quarta e oitava séries (quinto e nono anos) do ensino fundamental, os estudantes respondem a itens (questões) de língua portuguesa, com foco em leitura, e matemática, com foco na resolução de problemas. No questionário socioeconômico, os estudantes fornecem informações sobre fatores de contexto que podem estar associados ao desempenho.

Professores e diretores das turmas e escolas avaliadas também respondem a questionários que coletam dados demográficos, perfil profissional e de condições de trabalho.

A partir das informações do Saeb e da Prova Brasil, o MEC e as secretarias estaduais e municipais de Educação podem definir ações voltadas ao aprimoramento da qualidade da educação no país e a redução das desigualdades existentes, promovendo, por exemplo, a correção de distorções e debilidades identificadas e direcionando seus recursos técnicos e financeiros para áreas identificadas como prioritárias.

As médias de desempenho nessas avaliações também subsidiam o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), ao lado das taxas de aprovação nessas esferas.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*