Ex-moradora do interior de Pinheiros é campeã sul americana de jiu-jitsu

0
316

A ex-moradora do distrito de São João do Sobrado, no interior de Pinheiros, Thauanne Berdinazzi, de 25 anos, conquistou no último final de semana, em Osasco, na Grande São Paulo, o Sul Americano Open de Jiu-Jitsu na categoria de 64kg a 70kg.

Thauanne, que é faixa branca e agora vive a expectativa de disputar o Mundial, falou sobre a importância de conquistar o Sul Americano. “É um grande passo para abrir portas. Para quem começou em campeonatos de bairro e município, ganhar um Sul Americano te qualifica muito para o Mundial. Claro que é muito diferente, por não ter muita visibilidade como o Mundial, que conta com grandes lutadores, mas o Sul Americano é um passo à frente, porque você sabe como serão seus adversários lá fora. Agora, espero fazer mais, porque é muito difícil, principalmente, no emocional, onde você precisa ter 100% de concentração para não poder errar”, disse.

A jovem jiujiteira considera a conquista como uma grande vitória e dedica o título ao seu maior incentivador de esportes na infância, Alberione Maia, o Bê do Sobrado. “Eu nasci em São Paulo e aos cinco anos fui morar em São João do Sobrado. No início, eu jogava bola e o Alberione foi meu professor de Educação Física e foi ele quem me incentivou ao esporte. A maioria disso tudo, eu devo muito a ele, porque na nossa idade, existia muito preconceito de que mulher não podia jogar futebol e eu jogava através do apoio dele. Então, para uma menina que morou dos cinco aos 14 anos no Sobrado, saiu de lá e veio morar com a mãe em São Paulo, ainda tentou futsal, não obteve sucesso e chegar no jiu-jitsu e conquistar o Brasileiro e o Sul Americano, é uma felicidade imensa. Eu estou feliz, os meus mais pais estão felizes, o meu treinador está feliz e é isso que eu quero. Eu não vou parar por aqui. Sempre quero estar conquistando títulos”.

Para chegar ao Mundial, disputado na Califórnia, nos Estados Unidos, Thaunne precisa estar entre as melhores do Open, que é um torneio realizado no Rio de Janeiro.
Thauanne Berdinazzi tem 25 anos e luta jiu-jitsu há quase dois. Ela é natural de São Paulo, mas morou no distrito de São João do Sobrado por cerca de 10 anos. Lá e na cidade de Pinheiros, a atleta ainda tem laços familiares, como avós, tios e primos.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*