George Michael teria deixado três álbuns inéditos guardados em cofre

0
23

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Dias após a morte de George Michael, fãs e pessoas próximas do astro pop discutem o que deve ser feito com seu legado musical, especialmente com as canções nunca lançadas pelo cantor. A imprensa britânica repercute que Michael teria deixado quatro álbuns inéditos guardados em um cofre.
O debate tomou força quando o namorado de Michael, o cabeleireiro Fadi Fawaz, publicou uma canção do álbum “Trojan Souls”, escrito com Elton John em 1990, mas nunca finalizado ou lançado oficialmente.
Alguns fãs imediatamente intercederam para que a canção, intitulada “This Kind of Love” e já disponível em plataformas como o YouTube, fosse oficialmente divulgada em memória do cantor.
Outros, como o ex-parceiro musical de Michael no grupo Wham!, que o lançou à fama nos anos 1980, Andrew Ridgeley, pedem para que os fãs respeitem o conhecido “perfeccionismo” do astro e apenas desfrutem das obras autorizadas em vida.
“George Michael controlava todos os seus lançamentos. Eu, nem ninguém, tenho o direito de transgredir esse princípio”, publicou Ridgeley em seu perfil no Twitter.
Além de “Trojan Souls”, que teve diversas músicas vazadas on-line e que contaria com vocais de Stevie Wonder, Elton John, Sade, Seal, entre outros, Michael nunca deu sequência ao “Listen Without Prejudice Vol. 1”, de 1990, devido a uma disputa com a gravadora Sony. Apesar disso, canções previstas para o segundo volume do projeto figuraram no álbum “Red Hot + Dance”, lançado em prol de portadores do vírus da Aids.
De acordo com o tabloide britânico “The Daily Mail”, um terceiro álbum, “White Light”, estava planejado para ser lançado após a performance de Michael na cerimônia de encerramento da Olimpíada de Londres, em 2012 -ocasião em que entoou o single-título.
Desde a notícia da morte de George Michael, muitas de suas canções, como “Careless Whisper”, retornaram ao topo de venda do iTunes e suas reproduções aumentaram 3.158% no Spotify.

Fonte: FolhaPress