Jordan Correia visita projeto social em Nova Venécia

0
564

O tenista campeão da Ucrânia, Jordan Correia, esteve em Nova Venécia ontem, visitando o projeto social Crescendo Com o Tênis, idealizado pela empresa Promel, no 2° Batalhão da Polícia Militar. Por lá, o atleta conversou com a garotada que treina puxado, para um dia, seguir a mesma correia que Jordan.

“Achei muito interessante o projeto, já que no Estado e no País, não há incentivo e muito lugar para o tênis. Vejo que esta inciativa faz a diferença, precisamos de mais gente voltada para o esporte, investindo. Ter a oportunidade desde pequenos, a praticar e estudar o tênis, é muito interessante”, diz Jordan.

De São Mateus para a Espanha

Uma das grandes promessas no tênis, e pode-se dizer que mundial, Jordan saiu do interior do Espírito Santo, em São Mateus, para se profissionalizar na profissão. Hoje, ele que começou a jogar no Cepe, ocupa o número 843 no ranking da ATP.

Filho da veneciana Cida Correia, a última conquista do tenista foi o primeiro lugar na Ucrânia, em maio, quando levou o ouro na categoria de duplas, ao lado do espanhol Carlos Boluda, número 640 do ranking. No mesmo torneio, Correia também disputou a categoria de simples, tendo sido derrotado apenas na semifinal.

“Eu me senti muito feliz no momento, mas já processei a vitória e voltei para a realidade, sem deslumbramentos. O tênis é assim, muito rápido, se ficar parado comemorando, terão outros te ultrapassando”, fala.

Jordan está de férias e fica por duas semanas aproveitando os dias de folga com a família. O tenista veio de uma temporada interrompida por uma lesão no joelho, no Sri-Lanka, tendo que abandonar os jogos no meio da competição.

Treinando sete horas por dia, na academia do ex-número 1 do mundo, Juan Ferrero, Jordan pretende estar entre os 100 melhores do mundo. “Esta é uma das metas, e claro, ser o melhor do mundo, também faz parte dos meus objetivos”, relata.

Quando perguntado sobre seus ídolos no tênis, o mateense conta que o brasileiro Gustavo Kuerten, é o atleta que mais admira.

Morando há mais de quatro anos na Espanha, o próximo torneio de Jordan será em agosto.
“Fui para a Espanha com meu pai, fomos lá conhecer a escola de tênis. Com 15 dias, ele voltou e eu fiquei, para testar se me adaptava. Só retornei a São Mateus a passeio. Me adaptei muito bem, e o tênis é minha verdadeira paixão. Tive que ir embora do País, porque eu queria ir além, aqui eu não tinha mais como evoluir”, conta.

Com a vitória na Ucrânia, Jordan conquistou o primeiro título internacional da história do Espírito Santo, no tênis.

Confira as conquistas de Jordan

– Campeão Nacional Troféu Benicarto (Espanha)
– Campeão Nacional Junior JC Equelite (Espanha)
– Campeão Circuito Mediterrâneo (Espanha)

» Com a mãe Cida Correia, Jordan visitou a redação de A Notícia, acompanhado do treinador e assistente do projeto Crescendo Com o Tênis
» O tenista Jordan Correia esteve ontem no 2º Batalhão, onde participou de uma aula com alunos do projeto patrocinado pela Promel
Compartilhar

Deixe uma resposta

*