Kiri-Kerê é o primeiro Banco de Economia Solidária de Nova Venécia

0
941

Aconteceu ontem, dia 04, em Nova Venécia, a Assembléia de Constituição e  implantação do banco solidário da cidade.

Vários representantes de comunidades rurais, assentamentos, associação de moradores, e populares estiveram presentes, contou ainda com a presença do Deputado Padre Honório, representantes do Banco Bem de Vitória, SEBRAE e Banco do Nordeste.

O Banco de Economia Solidária trabalha com linha de crédito para pequenos comerciantes e população das comunidades atendidas. O banco não visa o lucro comercial como os demais banco, mas sim, o fomento de negócios e projetos sociais na cidade e região

Para o deputado Padre Honório, o banco não vem para brigar com os bancos comerciais presentes no município, mais sim para auxiliar os pequenos comerciantes do município e incentivar as iniciativas coletivas da região.

Na ocasião, ficou definido o nome do banco e sua moeda própria. Levando em conta o fato histórico e cultural de nossa cidade, que é cortada pelo Rio Cricaré, tendo sua origem de uma palavra indígena, o banco se chamará “Banco Kiri-Kerê”, e terá sua moeda com a mesma nomenclatura.

Nos próximos dias, começará a se trabalhar com os comerciantes o credenciamento para receber a moeda local.

Inicialmente, a sede da unidade ficará na associação de moradores do bairro Rúbia, pois dos possíveis locais, é o que conta com uma melhor estrutura, geograficamente, além de conter a emissora de rádio que pode a vir ser usada para divulgar os produtos do banco.

Agora, começa um trabalho de divulgação da ideia e de colocar em prática o projeto. Todo o trabalho de comunicação e marketing ficará a cargo da E-bazze Comunicação, em parceria com a comissão gestora.

Deixe uma resposta

*