Manifesto eleitoral esquerdista dos trabalhistas britânicos é vazado

0
26

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O Partido Trabalhista britânico teve um rascunho de seu manifesto com propostas de governo vazado pela imprensa na noite de quarta-feira (10).
A legenda, principal força de oposição no Parlamento, pretendia lançar o documento na semana que vem, o que seria uma etapa importante de sua campanha para as eleições gerais de 8 de junho.
O manifesto revela propostas como elevar a taxação de ricos, aumentar o salário mínimo e incrementar o uso de fontes energéticas renováveis. Além disso, o programa inclui um plano para estatizar os serviços de correios, energia e transporte ferroviário.
O vazamento do manifesto deve gerar disputas internas na sigla, que já se encontra dividida sob a direção do esquerdista Jeremy Corbyn. Lideranças trabalhistas se reunirão nesta quinta (11) para finalizar as propostas para a eleição.
O Partido Conservador, da primeira-ministra Theresa May, criticou as propostas trabalhistas, dizendo que elas apresentam visões econômicas de esquerda atrasadas.
O governo britânico surpreendeu ao anunciar no mês passado o adiantamento das eleições gerais no país. Pelo calendário original, o pleito deveria ocorrer apenas em 2020.
May justificou sua decisão de convocar os britânicos às urnas para tentar fortalecer sua base de apoio no Parlamento para negociar as condições da saída britânica da União Europeia (UE), o “brexit”.
Pesquisas indicam que a primeira-ministra desfruta de alta popularidade, o que deve favorecer o Partido Conservadores nas eleições.

Fonte: FolhaPress

Compartilhar