Mulher é espancada durante festa em Nova Venécia

0
13564

Uma jovem de 26 anos foi agredida durante uma festa na madrugada deste domingo, dia 15, em Nova Venécia.

Segundo testemunhas, a enfermeira Géssica de Sá Soto, separava uma briga entre duas mulheres, que supostamente discutiam por ciúmes, quando foi agredida por três homens.

Segundo informações, os agressores A., B.F.P. e B.V.P, fugiram do local, mas B.F.P. se apresentou à polícia e foi encaminhado para a Delegacia de São Mateus, onde prestou depoimento durante o dia e foi liberado. Ele, inclusive, foi apontando por amigas de Géssica como um dos que tentou interromper as agressões.

De acordo com informações extra-oficiais, Géssica foi covardemente agredida e teve seu maxilar e vários dentes quebrados.

Ela foi encaminhada para o hospital Roberto Silvares, de São Mateus, onde aguarda a chegada de um médico especialista para avaliar seu estado e, possivelmente, entrar em trabalho cirúrgico.

Em contato, exclusivo, com a redação da Rede Notícia, a mãe de Géssica, Elizabeth Galvão de Sá, se mostrou indignada com a ação contra sua filha e repudiou o ato. “Eu não sei o que esses rapazes são. Eu só queria dois minutos para olhar em seus olhos e perguntar isso a eles, porque isso não se faz com nenhum ser humano. Doeu muito em mim olhar minha filha daquele jeito, chorando. Foi um ato de selvageria e eu estou muito mal com isso tudo”, disse a mãe. De acordo com ela, nenhum policial procurou a família no hospital em busca de informações.

O OUTRO LADO

Em contato, exclusivo, com a redação de A Notícia, B.V, um dos suspeitos da agressão, se defendeu e negou o fato. “A Géssica chegou na minha irmã e jogou cerveja nela e arranhou suas costas e seu rosto. Foi ela que revidou. Depois, fomos separar e os amigos da Géssica chegaram batendo na gente. Nunca vimos a Géssica. Ela que foi até minha irmã, jogou cerveja na sua cara do nada e começou agredi-la’’

Compartilhar

Deixe uma resposta

*