Nova Venécia é campeão da 38ª A Gazetinha

0
205

Nova Venécia levou a melhor na grande final da 38ª Copa A Gazetinha, realizada no último sábado, 25, no estádio municipal Zenor Pedrosa Rocha.

As equipes venecianas garantiram dois títulos, entre os três disputados na competição. As conquistas foram pelas categorias sub-11 e sub-13. Já na sub-15, o time de Guaçuí levou a melhor.

Os títulos vieram carregadas de premiações. Na categoria sub-11, o jogo terminou pelo seguinte placar: Nova Venécia 2 X 0 Aserita-RJ com gols de Bruno e Gabriel.

O grande destaque do jogo, e da competição, foi Gabriel que, com seus dribles desconcertantes, levou a torcida ao delírio. E ele tem uma inspiração: “tento fazer as mesmas jogadas do Neymar. Para mim, ele é o melhor do mundo. Prefiro jogar pela lateral e botar a bola para correr assim como ele faz”. O artilheiro da categoria  foi Andrey, que fez quatro gols nas sete partidas da equipe na competição.

Já na categoria sub-13 a vitória veio pelo mesmo placar, mas desta vez em cima do Grêmio Santo Agostinho,  de Cachoeiro de Itapemirim com gols anotados por Augusto e Lucas. O destaque desta categoria como melhor jogador foi Cainandro, do time de Nova Venécia. Já a artilharia ficou na conta de Léo, também de Nova Venécia, e o goleiro Flavio Henrique, menos vasado, que sofreu apenas um gol durante toda a competição. O camisa 1 de Nova Venécia, inclusive está de malas prontas e vai jogar no Cruzeiro-MG. “No próximo dia 10 de março estou indo para Belo Horizonte. Já estive no Cruzeiro em outras oportunidades, e agora quero agarrar essa chance”, reforçou o futuro goleiro cruzeirense, que teve o apoio da família durante toda a maratona de jogos.

Na categoria dos atletas com até 15 anos, o Guaçuí venceu os cariocas do Aserita, por 1 a 0, com gol do volante Hugo Souza, e sagrou-se campeão.

Torcida

Os campos de futebol onde aconteceram as partidas da Copa A Gazetinha, e principalmente o estádio Zenor Pedrosa Rocha, foram palcos para um show à parte da torcida local, que esteve em massa para torcer pela garotada que representou Nova Venécia. Cada passe era um flash e muitos disputavam acirradamente um lugar no alambrado para fazer a melhor foto do orgulho da família.

Competição

A 38ª edição da Copa Gazetinha teve início no dia 18 de janeiro e chegou ao fim no último sábado, 25. Durante a semana, aconteceram jogos diariamente onde foram envolvidos 1.850 atletas, 78 equipes e 40 municípios participantes, sendo três cariocas.

Além do estádio Municipal Zenor Pedrosa Rocha, outras partidas ocorreram em paralelo pelos campos de futebol espalhados pelo interior do município: Córrego da Volta, Chapadinha, Perobas, Cristalino e Cedrolândia.

A Copa A Gazetinha é a principal competição infanto-juvenil do País e uma das principais responsáveis organizações por formar jogadores que se destacam em nível nacional e até mundial. O idealizador do projeto, José Antônio Nunes do Couto ‘Janc’, está há 38 anos à frente da Copa A Gazetinha.

Deixe uma resposta

*