Professor veneciano entre os 10 melhores do mundo

0
4240
Wemerson Nogueira está no top 10 da educação mundial

Professor veneciano concorre ao Prêmio Nobel da Eduação

O professor veneciano, Wemerson Nogueira, está entre os 10 finalistas do Global Teacher Prize, considerado o prêmio Nobel da Educação Mundial. O anúncio oficial foi feito ontem, às 22h (de Brasília), pela Varkey Foundation.
O evento que divulgará o melhor professor do mundo será realizado entre os dias 14 e 19 de março, em Dubai, capital dos Emirados Árabes Unidos. O vencedor receberá a condição de Embaixador Mundial da Educação, além de um prêmio de US$ 1 milhão.
Em contato com o Jornal A Notícia, Wemerson, muito emocionado, afirmou que recebeu a notícia através do Skype, pela presidente da Fundação, Rebecca Warbrick, e pelo Xeique Mohammed bin Rashid Al Maktoum, vice-presidente e primeiro ministro dos Emirados Árabes Unidos e governador de Dubai. “Chorei muito. Foi muito emocionante. Parece inacreditável. Passa um filme na minha cabeça de tudo o que promovi na vida dos meus alunos. É uma sensação de muito orgulho e a certeza de que escolhi a profissão certa. Não escolhi somente pelo financeiro, mas, principalmente, pelo fator de contribuir de forma simples, inovadora e eficaz na vida dos meus alunos”, disse.

Projeto que levou Wemerson ao top 10 foi desenvolvido no ano passado com alunos da Escola Estadual Antônio dos Santos Neves, de Boa Esperança
Projeto que levou Wemerson ao top 10 foi desenvolvido no ano passado com alunos da Escola Estadual Antônio dos Santos Neves, de Boa Esperança

Filho do seu José e de Dona Leci, Wemerson, que tem mais seis irmãos, sendo cinco mulheres e um homem, disse que entre os fatores que o levaram a esse ápice, está a formação recebida dos pais na infância. “É um prazer para os meus pais ter um filho que trabalhava com eles na agricultura, chegar nesse momento. Na minha infância, eu tinha duas escolhas: ou ia para roça, ou ficava em casa e estudava. Tinha dias que eu não queria trabalhar, então, até inventava alguma atividade para ficar em casa. Sinto muito orgulho dos meus pais, por terem me preparado desde criança”, frisou o professor.
Caso seja eleito o melhor professor do mundo, Wemerson, disse que já tem três pilares definidos no seu futuro. “Primeiro, buscarei minha autoformação, porque nenhum professor nunca pode parar. Em seguida, irei criar um Laboratório de Ciências e Tecnologia em Nova Venécia, em parceria com os governos Federal, Estadual e Municipal, para atender todas as escolas do município. Será uma base educacional para as instituições carentes de tecnologia. Por fim, vou em busca de fundar um instituto para promover a capacitação e formação de todos os professores do Brasil, para que eles possam interagir e entender as necessidade de criar uma metodologia e sejam capazes de transformar a comunidade e a vida dos alunos com projetos educacionais”, afirmou.
De acordo com Wemerson, na cerimônia de premiação, no dia 19 de março, já estão confirmadas as presenças do Presidente da República, Michel Temer, do Ministro da Educação, Mendonça Filho, da Deputada Estadual, Luzia Toledo, e do prefeito de Nova Venécia, Mário Sérgio Lubiana.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*