Promotor de Justiça de Nova Venécia coordena seminário em Harvard, nos Estados Unidos

0
780
» O promotor de Justiça de Nova Venécia e coordenador executivo do seminário, Leonardo Augusto de Andrade Cezar dos Santos, durante o evento nos Estados Unidos

Nos últimos dias 18 e 19, uma comitiva de membros do Ministério Público participaram do seminário de Altos Estudos “Colaboração Premiada e Práticas Anti corrupção: estratégias judiciais em persecução penal”. Procuradores e Promotores dos estados do Amazonas, Bahia, Belo Horizonte, Espírito Santo, Maranhão Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná e São Paulo marcaram presença.

A Harvard Kennedy School Mediation Caucus e Harvard Kennedy School Anti-corruption apoiaram a realização do evento. A coordenação acadêmica foi realizada pelo Juiz (TJBA), André Gomma de Azevedo, e a coordenação executiva, pelos Promotores de Justiça Leonardo Augusto de Andrade Cezar dos Santos (MPES), João Paulo Santos Schoucair (MPBA), Alexandre de Castro Coura (MPES) e Cássius Guimarães Chai (MPMA). A CONAMP e associações do Ministério Público da Bahia (Ampeb), Espiríto-Santo (AESMP) e Maranhão (Ampem), também apoiaram a realização do evento, juntamente com o Grupo de Pesquisa Cultura, Direito e Sociedade DGP/CNPQ/UFMA e com o Grupo de Pesquisa de Hermêneutica Jurídica e Jurisdição Constitucional (FDV).

O promotor de Justiça de Nova Venécia e coordenador executivo do seminário, Leonardo Augusto de Andrade Cezar dos Santos, falou sobre a experiência. “Foi grande passo na busca pelo conhecimento e aperfeiçoamento nas práticas anticorrupção. Também foi uma grande responsabilidade coordenar um evento num dos centros do saber mais importantes do mundo. A troca de experiências no combate à corrupção, aprendendo com a experiência americana e levando a experiência de investigações de Nova Venécia e do Estado do Espírito Santo para o debate foi muito gratificante”.

Há a previsão de novas edições ainda em 2019 e no primeiro semestre de 2020, com tradução simultânea.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*