Quadrilha acusada de furto de gado é presa com armas de fogo e carnes em Mucurici

0
810

Policiais Militares do 2º e do 13º BPM prenderam uma quadrilha especializada em furtos de gado na região de Mucurici, Montanha e Pedro Canário. Quatro homens e uma mulher foram detidos e encaminhados ao DPJ de São Mateus. A operação foi deflagrada no Distrito de Água Boa, zona rural do município de Mucurici, na tarde deste domingo (3).

De acordo com o tenente-coronel Sebastião Aleixo Batista, Comandante do 2º BPM, durante a ação policial os Militares apreenderam cinco armas de fogo, mais de 100 kg de carne de animal bovino, animais silvestres abatidos (capivara, tatu e lagarto), pássaros silvestre (01 sofreu, 03 pássaros pretos conhecidos por “coqui”, 01 sabiá, 05 coleiros, 05 canário da terra e 01 papa arroz), R$ 680,00 (arrecadado com a venda de carnes), artefatos (pólvora, espoletas e chumbos), e outros materiais.

Segundo o Comandante, a Polícia Militar obteve informações de que quatro indivíduos a bordo de um veículo Fiat Uno de cor verde, estravam rondando a região rural do município de Pedro Canário, com objetivo de furtar animais bovinos. De posse das informações, foram realizadas diligências na região e através de colaboradores foi descoberto que os suspeitos eram oriundos do Distrito de Água Boa, em Mucurici.

A equipe comandada pelo Capitão Moura do 13º BPM, juntamente com Agentes do Serviço de Inteligência do 2º BPM realizaram levantamentos e localizaram as residências dos suspeitos no referido Distrito e apreenderam parte das armas de fogo, carnes de animais bovinos e os animais silvestres abatidos.

Segundo o Capitão, primeiramente os Militares localizaram dois homens e uma mulher, todos suspeitos de envolvimento com a quadrilha que vinha furtando animais bovinos na região. Outros dois homens suspeitos de pertenceram ao grupo criminoso não foram localizados.

Durante as buscas na região, os Militares obtiveram informações de dois homens que possuíam armas de fogo em suas residências. Os homens foram localizados e nos seus imóveis os Militares encontram mais armas de fogo e os pássaros silvestres. Os dois homens não tem envolvimento com o furto de gado. Eles foram autuados por posse irregular de arma de fogo e crime ambiental.

Os acusados e os materiais apreendidos foram encaminhados ao DPJ de São Mateus.

Segundo o tenente-coronel Aleixo, o grupo é suspeito de terem furtado sete animais bovinos numa fazenda localizada no Distrito de Vinhático em Montanha, na noite do do último dia 30.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*