Quadrilha é presa com armas de fogo no interior de Nova Venécia

0
466

Policiais Militares do 2º Batalhão prenderam na tarde de ontem domingo (17), na zona rural de Nova Venécia, três homens e duas mulheres, acusados de tentativa de homicídio, extorsão e porte ilegal de armas de fogo. Com o grupo, foram apreendidos dois revólveres, munições, um veículo e outros materiais.

A ação policial foi deflagrada no Córrego da Penha, interior do município. De acordo com o Comandante do 2º Batalhão, Tenente-coronel Sebastião Aleixo Batista, os Militares foram acionados por familiares de um jovem de 19 anos para atender uma ocorrência de extorsão, mediante sequestro.

O irmão da vítima contou que na tarde de ontem, domingo, três homens a bordo de um veículo VW/Gol, cor verde, chegaram ao local onde ele e o irmão estavam alojados, dizendo que iriam matar seu irmão porque ele devia a quantia de R$ 500, proveniente de dívidas de drogas. Em seguida, os criminosos agarraram a vítima e a jogaram no porta-malas do carro, seguido em direção ao Patrimônio do Bis, zona rural de Nova Venécia.

Os Militares do 2º Batalhão foram acionados e, após colocar em ação o plano de cerco, interceptação e bloqueio da Unidade, localizaram o jovem, que havia sido liberado à beira da estrada. O rapaz contou à equipe policial que os acusados o agrediram, desferindo várias coronhadas de revólveres na cabeça e, após ameaçá-lo de morte, o liberaram, dizendo que se ele não pagasse a dívida, eles iriam voltar e acertar as contas.

De posse das informações, os Militares continuaram as buscas e a cerca de três quilômetros conseguiram alcançar os suspeitos, que estavam parados no meio da estrada. Ao avistarem a viatura policial, os criminosos empreenderam fuga, inclusive, efetuando disparos contra a guarnição, que revidou.

Logo mais à frente, os indivíduos arremessaram uma arma de fogo pela janela do veículo e, em seguida, o condutor freou bruscamente o automóvel no meio da estrada, momento em que outra arma foi jogada no mato. No local, os Policiais abordaram os suspeitos J.C.V.S., C.E.V.J., B.B.F., K.A.S.C. e J.R.S.. No carro, haviam, também, duas crianças.

Com o grupo, os Militares apreenderam um revólver marca Taurus, calibre .38, numeração raspada, com cinco cartuchos, sendo três deflagrados e dois intactos, além de um revólver marca Colt S&W, calibre .32, também com numeração raspada, com quatro munições, sendo uma deflagrada e três picotadas, e o veículo Gol.

Segundo o Comandante, uma arma foi encontrada numa pastagem nas proximidades onde os suspeitos foram abordados. Já outra, foi localizada a cerca de 30 metros do local abordagem. Os acusados e os materiais apreendidos foram encaminhados ao DPJ de São Mateus.

Ainda segundo o Tenente-coronel Aleixo, denúncias apontam que o grupo é suspeito de participação em roubos e outros crimes na região, inclusive, do último homicídio ocorrido na cidade de Boa Esperança, que teve como vítima um adolescente, que foi atingido por 13 tiros. O crime aconteceu na madrugada da última sexta-feira (15), no bairro Vila Tavares.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*