Secretário de Meio Ambiente de Nova Venécia se forma no RenovaBR

0
219
» Pedro Gonçalves com seu professor do RenovaBR, o vereador de Belo Horizonte, Gabriel Azevedo

O secretário de Meio Ambiente de Nova Venécia, Pedro Gonçalves, concluiu o curso do movimento RenovaBR Cidades. A formatura aconteceu no último sábado (07), na Sala São Paulo, em São Paulo.

Ao todo, o projeto, com início em 05 de agosto e encerramento em 07 de dezembro, formou 1.170 alunos de todo o Brasil. O objetivo do curso foi capacitar pessoas comuns para concorrer e ocupar cargos eletivos municipais tendo conhecimento sobre legislação, política e sociedade. As aulas foram ministradas por professores e especialistas de diversas áreas seguindo três pilares de estudo: desafios dos municípios, comunicação política e liderança e representatividade.

A avaliação de todos os exercícios e do Trabalho de Conclusão de Curso foi realizada por corretores, a devolutiva foi feita de forma individual e ao longo de todo o curso os alunos foram acompanhados por monitores.

Para Pedro, único representante da região Noroeste do Espírito Santo, agora começa uma nova fase na sua vida. “Representa o início de uma nova fase, em que é possível construir pontes, fazer diferente e fazer a diferença”, disse. Atualmente, ele é filiado ao Podemos.

Agora, o secretário segue para a segunda fase, onde serão feitas as entrevistas para a turma 2020, a partir desta quinta-feira. Só estão aptos a participar quem se formou, atingiu a média 70 pontos nos quizzes e atingiu mais de 70 pontos nos exercícios e trabalhos (mais que 70 = conceitos 3 ou 4), incluindo o Renovar o Brasil.

A formatura contou com a participação de apoiadores e patrocinadores do RenovaBR, políticos eleitos formados pelo movimento, como os deputados federais Felipe Rigoni (PSB-ES), Tábata Amaral (PDT-SP) e Vinicius Polt (Novo-MG), do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), além do apresentador Luciano Huck, do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e do ministro do STF, Luís Roberto Barroso, entre outras autoridades.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*