Secti comemora Dia Internacional da Mulher com vice-governadora do Estado

0
28

O Dia Internacional da Mulher foi celebrado no dia 08 de março, mas na Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) a comemoração aconteceu na tarde dessa terça-feira (12). Afinal, o dia da mulher pode ser comemorado em qualquer dia do ano.

A vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, prestigiou o evento e fez um discurso sobre a importância da data. Ela destacou o papel da mudança que está acontecendo por causa do trabalho duro de muitas mulheres poderosas que estão lutando e investindo no poder da informação para transformar o mundo.

“Deixem-me dizer uma coisa: o que separa as mulheres negras de qualquer outra pessoa é a oportunidade. E a oportunidade nós as criamos através do conhecimento. O conhecimento promove mudanças e vai nos proporcionar a igualdade na nossa sociedade”, disse.

Jacqueline Moraes destacou, porém, que o caminho da igualdade ainda é longo e necessita do empenho de todas. “Temos que comemorar o avanço da luta por igualdade, mas também temos que ficar de luto por todas as mulheres que sofreram e sofrem com a desigualdade do gênero. Principalmente, pelas mulheres que morreram nessa luta. O Dia da Mulher não deve ser só de uma comemoração comercial, pois, temos que aproveitá-lo para praticar e ensinar a sororidade. Vamos nos unir mais, ter mais empatia e eu, como vice-governadora do Estado, vou praticar a sororidade no meu trabalho. A Vice-Governadoria do Estado será um órgão de fomento de políticas públicas pelo bem-estar e empoderamento das mulheres”, destacou.

A secretária da Secti, Cristina Engel de Alvarez, comentou sobre como sua gestão vai trabalhar em prol da política do empoderamento das mulheres e meninas capixabas, através da busca e disseminação do conhecimento.

“Nós identificamos e compartilhamos com a vice-governadora a necessidade de ações que fomentem o empoderamento da mulher. A primeira atitude que tomamos foi de estudar quais ações e programas outros estados brasileiros e países estão implantando nesse sentido. Já está em nosso planejamento estratégico a o trabalho de criação de programas que possam promover o empoderamento e o maior conhecimento das mulheres e meninas capixabas, principalmente ligados as áreas de ciência, tecnologia, inovação e educação profissional, por meio de políticas públicas, para que as ações que sejam implementadas possam ser continuadas”, explicou.

Na programação, as 45 servidoras puderam participar de uma oficina de autoestima apresentada pela Professora e Consultora de Imagem Priscilla Karen. “Eu trabalhei com uma consultoria de imagem nas servidoras com foco no psicológico e não no físico. O físico vem como uma consequência. A partir do momento que a mulher se olha no espelho e passa a se aceitar, por conhecer o seu corpo, sua autoestima melhora, porque ela vai se amar e se valorizar mais. Fazemos isso com dicas de quais roupas, cores e maquiagem se adequa melhor ao biótipo de cada mulher, que é única”, falou.

Uma das participantes foi a Valdiva de Souza Teixeira que trabalha como secretária educacional na Gerência de Educação Profissional e Inovação da Secti. Val, como é conhecida pelos colegas de trabalho, comemorou a inciativa da Secretaria de promover a oficina: “Achei uma delícia a oficina! Gostei de todas as dicas que a consultora nos ensinou. Não existe o “corpo perfeito” e cada um tem um tipo físico. A oficina nos mostrou como entender o nosso corpo e a melhorar a nossa autoestima”, contou.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*