Temer manterá Imbassahy até posse de Marun em ministério na quinta

0
5

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O presidente da República, Michel Temer, anunciou neste sábado (9) que pediu ao tucano Antonio Imbassahy que permaneça à frente da Secretaria de Governo até a próxima quinta-feira (14).
Somente neste dia, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) assumirá o cargo. Ele mesmo pediu a Temer para adiar sua posse para que tenha tempo de apresentar seu relatório à CPI da JBS.
A informação foi divulgada em nota ofical após reunião no Palácio do Jaburu nesta noite.
Imbassahy já vinha discutindo sua saída com Temer há ao menos duas semanas. Eles definiram que a carta de exoneração seria apresentada antes da convenção do PSDB, que aconteceu nesta manhã.
O pedido de demissão aconteceu na tarde de sexta-feira (8).
Marun integrava a tropa de choque do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), hoje preso. Ele também é um dos principais defensores de Temer. Quando a Câmara arquivou a segunda denúncia contra Temer, Marun comemorou com uma dança no plenário.

Fonte: FolhaPress