Terço dos Homens no Santuário de Aparecida

0
1382
Dois ônibus com 110 pessoas saiu de Nova Venécia, rumo à Basílica de Aparecida

Cintia ZachéCatólicos de Nova Venécia marcaram presença na programação, que reuniu 70mil homens

Mais uma vez o Terço dos Homens de Nova Venécia esteve na Catedral Basílica de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, também conhecida como Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo. A caravana saiu da cidade na última quinta-feira, dia 16, e voltou na segunda-feira, dia 20.
Dois ônibus com 110 pessoas, entre homens e mulheres, saíram do Município venecino, rumo a 9ª Romaria do Terço dos Homens na Catedral, no evento que reuniu mais de 70 mil homens, nos dias 17 e 18. Em 2016, cerca de 58 mil acompanharam as celebrações. Segundo funcionários do Santuário, o número de fiéis presentes ao evento tem crescido a cada edição. Na primeira, cerca de 600 acompanharam as atividades.
De acordo com a assessoria de imprensa da Aparecida, mais de 1, 2 mil grupos de Terço dos Homens de todo Brasil, estiveram na programação.
Missas e a reza do Terço foram atividades que mais alcançaram público durante evento. Coordenador do Terço dos Homens em Nova Venécia, José Antônio explica a adesão do grande número dos adeptos ao grupo.
“A missão do Terço dos Homens é resgatar para o seio da Igreja de Cristo, homens de todas as idades, pois a presença masculina na Igreja é imprescindível para a formação da família e de uma sociedade cristã”, fala.
A origem do Terço dos Homens a nível mundial é desconhecida. No exterior, há notícias de tais grupos ao menos desde 1912. No Brasil, o Terço dos Homens foi fundado por Frei Peregrino, no dia 8 de Setembro de 1936, no povoado Vila da Providência, hoje cidade de Itabi, no estado de Sergipe.
Já a romaria está entre as mais numerosas e significativas que visitam a Basílica da Rainha e Padroeira do Brasil.
Programação
O evento começou às 18 horas com a acolhida dos homens do Terço com a presença dos bispos da Aparecida e de outras Dioceses, ainda contando com vários padres do Brasil.
“O padre Antônio Maria, autor da música do hino do Terço dos Homens estava presente. Tivemos também a Missa de abertura, com bênção para todas os homens”, fala José Antônio.
Em seguida a programação contou com a procissão “Saiu do Santuário de Aparecida até local que foi achado pelos três pescadores a imagem de Nossa Senhora, no ano de 1707”, fala Cezana.
Adoração ao Santíssimo, Romaria e muita oração na Casa da Mãe Aparecida, fez muitos fieis venecianos voltarem ainda mais devotos.


Voltei renovado

Weliton Bonomo, 39 anos, eletricista
Weliton Bonomo, 39 anos, eletricista

“Foi a primeira vez que participei da romaria em São Paulo. Posso dizer que voltei com a minha fé ainda mais consolidada. A viagem foi maravilhosa, com famílias inteiras. O Templo lá é lindo. Gostei de tudo, é emocionante chegar perto daquele altar. É de arrepiar ver a fé de cada um, em grupos enormes de pessoas. Participo do Terço dos Homens da Igreja Nosso Senhor do Bonfim, em Nova Venécia já há dois anos. Comecei a ir porque sou devoto de Nossa Senhora. Vou às Missas aos domingos. A fé em minha vida é tudo, dedicar uma hora do dia a Deus é muito bom, me sinto de alma lavada. A experiência nesta romaria foi muito valiosa. No ano que vem, eu e minha esposa vamos de novo”


Origem da romaria

A primeira romaria aconteceu em 2009. A peregrinação surgiu a partir do pedido de um devoto de Campestre, Minas Gerais, que apresentou ao missionário Irmão Viveiros a proposta de um encontro, no Santuário Nacional, dos homens que participavam desse grupo. Sem conhecer esse movimento, Irmão Viveiros lembra que se prontificou a organizar uma romaria e naquele mesmo ano ocorreu a primeira edição com 600 homens.

Missas e adoração tiveram lugar na programação católica
Missas e adoração tiveram lugar na programação católica

A devoção e o entusiasmo desses primeiros homens motivou outros a participarem no ano seguinte. Em 2010, estiveram na Aparecida cerca de dois mil membros e depois o número só aumentou. Em 2011, foram 6 mil; em 2012, 12 mil; em 2013, 18 mil; em 2014, 31 mil; em 2015, 43 mil, em 2016, 58 mil e em 2017, 70 mil.
Segundo a Secretaria de Pastoral do Santuário Nacional, o estado com maior número de participantes, em 2017, é Minas Gerais com 28.414 pessoas, seguido por São Paulo com 19.705, e em terceiro lugar, Rio de Janeiro com 5.356. Os números representam um resultado parcial.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*