Veneciana no quadro de arbitragem da CBF

0
1111

Depois de revelar grandes jogadores no futebol, como Reginho, Jussiê, Daniel dos Anjos e Richarlison, ter uma base de formação de atletas referência em todo o Estado e que, atualmente, manda jogadores para avaliações em diversos grandes times quase todo mês, e ficar marcada pelos primeiros dos 1.002 gols de Romário, Nova Venécia aparece, mais uma vez, no quadro do esporte nacional, mas, desta vez, no quadro de arbitragem.

A jovem Mayara Aparecida Moraes Eller Minino, de 28 anos, foi aprovada no teste feminino da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), realizado no último dia 15, em Belo Horizonte, e se tornou a primeira árbitra do município a integrar o quadro nacional. O teste foi para árbitra assistente.

Com a qualificação, Mayara, que faz parte do quadro da Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES), há quatro anos, está apta a bandeirar jogos de todas as categorias no futebol feminino e das categorias de base no futebol masculino. Para estar disponível para os jogos profissionais masculinos, ela realizará outro teste em julho ou outubro.

Para Mayara, que foi indicada ao quadro da CBF no ano passado, essa é a realização de um sonho. “Hoje é um orgulho para mim representar meu município e meu estado na CBF, no qual me dediquei para que esse sonho pudesse ser realizado”.

Segundo ela, os trabalhos para realizar o teste masculino, estão fortes. “Minha expectativa é de buscar treinar cada dia mais para que eu possa passar e alcançar meu objetivo de trabalhar nas séries A, B, C e D. Já fiz esse teste pela Federação e tive bons resultados”, disse.

Mayara Aparecida Moraes Eller Minino iniciou sua carreira na arbitragem aos 20 anos, em campeonatos amadores da região.

Em 2015, ela iniciou o curso de arbitragem oferecido pela FES e entrou para o quadro da Federação em 2016, quando trabalhou no Campeonato Estadual Interligas e no Campeonato Capixaba sub-20.

Já no ano passado, Mayara esteve presente, novamente, no Campeonato Estadual Interligas e no Campeonato Capixaba sub-20, além do Campeonato Estadual Feminino e da Copa Espírito Santo.

Neste ano, ela atuou pela série B do Campeonato Capixaba.

Sempre ligada ao esporte, a jovem árbitra credita o momento aos apoios que sempre recebeu. “Agradeço a todos que sempre estiveram comigo e sempre me incentivaram, em especial, minha tia Vanilza Eller e minha mãe Ilza Eller, que sempre me apoiaram e me ajudaram”.

Atualmente, Nova Venécia conta uma equipe de arbitragem, além de Mayara, formada por Anderson Marcarini, Rodrigo Santana, Camila Belmiro, Rosimere Pinheiros, Edson Inenque, Wanderson Cardoso e Fillype Gava.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*