Veneza e Sebrae reúnem 350 produtores em Dia de Campo sobre Produção Intensiva de Leite

0
157
Cerca de 350 produtores participaram do evento

Cerca de 350 produtores rurais, instalados nos municípios onde a Cooperativa Veneza atua, estiveram presentes no Dia de Campo sobre Produção Intensiva de Leite, realizado nesta quinta-feira (19), na Fazenda Experimental Veneza (Faeve II). O evento foi promovido pela Veneza e Sebrae, em parceria com a Associação de Criadores e Produtores de Gado de Leite do Espírito Santo (ACPGLES).

Durante um dos principais momentos do evento, os participantes assistiram a uma palestra sobre o caso de sucesso da produtora de leite do estado do Paraná, Marlene Kaiut. Ela, que é referência no Brasil quando o assunto é produção de leite, inclusive sendo destaque no programa Globo Rural, falou do início quando ainda jovem mudou o perfil da fazenda da família. Aos 24 anos e dona de casa, decidiu tomar frente da propriedade quando o marido queria abandonar o leite. “Eu nunca tinha me envolvido na produção de leite, tudo era tocado pelo meu marido. Após passar por algumas decepções, ele decidiu abandonar o leite e foi aí que eu resolvi tomar frente. Mas não foi fácil, o meu marido foi bem claro e disse que eu não precisava contar com ele para nada, porque ele realmente havia desanimado. No início tirava leite com balde ao pé. Comecei a investir. Fiz um financiamento, coloquei ordenha mecânica, investi em genética dos animais, aumentei a sala de ordenha, acertei a alimentação das vacas e outras tecnologias de ponta. O resultado veio. Paguei o financiamento com o próprio leite e hoje tiro em média 2.400 litros por dia, com 107 animais. É uma média de 22,5 litros por animal”, disse.

Formada em administração e educação física, Kaiut, que também era modelo, hoje é uma das principais celebridades entre mulheres empreendedoras do meio rural, e realiza palestras em várias partes do Brasil. “Para produzir leite é preciso determinação, coragem e investimento em tecnologia. É muito rentável, mas requer dedicação. Hoje sou produtora de verdade e não me vejo em outra coisa. O leite me proporcionou essa visibilidade em várias partes do nosso país”, afirma.

O presidente da Veneza, José Carnieli, aproveitou as falas da palestrante para dizer que “só permanecerá na atividade leiteira aqueles produtores que realmente partirem para o sistema de produção intensiva. Não dá mais para produzir de forma atrasada, como nossos antecessores faziam há dezenas de anos atrás. A Veneza está aqui para auxiliar o produtor no que for preciso para produzir leite de verdade, ganhar dinheiro e ter qualidade de vida no campo”, finalizou.

No final do evento, produtores participaram do sorteio de vários brindes e almoço. Em seguida, as porteiras da Faeve II foram abertas para visitação do público.

A produtora de leite do estado do Paraná, Marlene Kaiut, falou sobre a importância dos investimentos na atividade leiteira

________________________________________________________________________

Outras palestras

Continuando na programação do Dia de Campo, os produtores assistiram a mais uma palestra, desta vez intermediada pelo médico veterinário, analista técnico da CRV Lagoa, Samuel Hylario, que falou sobre Produção de Leite por meio do Compost Barn, um sistema de confinamento

para bovinos leiteiros com forte influência nos resultados de produtividade e sanidade do rebanho, bem como sobre a qualidade do leite.

A terceira e última palestra do encontro foi feita pelo engenheiro agrônomo do Projeto Balde Cheio, Lúcio Cunha. Na oportunidade, Cunha apresentou os investimentos e resultados obtidos pela Faeve II, desde a implantação do programa de recria de bezerras pela Veneza, em parceria com os cooperados.

O engenheiro agrônomo do Projeto Balde Cheio, Lúcio Cunha, apresentou os resultados da Faeve II
O médico veterinário, analista técnico da CRV Lagoa, Samuel Hylario, falou sobre Produção de Leite por meio do Compost Barn

________________________________________________________________________

Depoimentos

“A Veneza é uma grande parceira de nós, produtores. Esse Dia de Campo é prova disso. Estamos aqui colhendo mais conhecimentos para aplicarmos na nossa propriedade. Fiquei satisfeito com o que vi e com certeza vou levar para o meu dia a dia”.

Valter Nunes Cabral

Cooperado Veneza (morador de Mantenópolis)

“Além das palestras, trocamos experiências com outros produtores rurais que vivem a mesma realidade nossa. São muito importantes esses eventos e a Veneza valoriza muito isso. Nos sentimos valorizados. Saber que temos uma cooperativa parceira ao nosso lado, nos dá segurança para continuar trabalhando”.

Esandro Huibiner

Cooperado Veneza (morador de Ecoporanga)

Compartilhar

Deixe uma resposta

*