Vereadores de outros municípios prestigiam sessão da Câmara

0
512

O presidente da Câmara de Boa Esperança, Marcos Pereira dos Santos (PSDB) e o vice-presidente da Casa esperancense, Selmo de Jesus (PP), acompanharam a Sessão da última terça-feira, 04, da Câmara de Nova Venécia. O vereador de Vila Pavão, Edivaldo Santos Bafaela (DEM) também esteve presente durante a Sessão legislativa.

“É importante ter esse intercâmbio de informações, viemos aqui prestigiar o trabalho da Câmara veneciana e gostamos muito do trabalho que está sendo realizado pelos vereadores. É uma troca de experiência bastante proveitosa”, afirmou Marcos Pereira dos Santos.

O presidente da Câmara Municipal, Antonio Emílio, usou o plenário para agradecer a presença dos vereadores de outras cidades, para falar sobre a reforma da previdência e da palestra do senador Ricardo Ferraço sobre o tema, na quinta-feira, 06, no auditório da Câmara. O presidente também destacou as condições críticas da educação do município e que a presença da secretária municipal de Educação, Risonete Maria Oliveira Macedo, na sessão do dia 11 de abril, será muito importante para esclarecer diversos pontos. Antonio Emílio também afirmou que o espaço da tribuna livre sempre será aberto à população, mas tudo precisa ser feito com ordem e disciplina.

Confira os melhores momentos da sessão:

O vereador Luciano Márcio (PSB) falou novamente sobre a questão das condições de trabalho dos servidores da limpeza pública e do projeto de lei de 36h semanais de trabalho para os funcionários da limpeza. Propôs também o projeto “Praça de Lazer”, que seria realizado no segundo domingo de cada mês na Praça do Granito (Adélio Lubiana).

A data para a reunião no bairro Bonfim dentro do Projeto “Vereador em Ação” já foi definida pelo vereador Biel da Farmácia (PV). Será no dia 19 de abril. As demandas solicitadas pela comunidade do Margareth na reunião do projeto realizada em março serão encaminhadas ao poder Executivo. Biel da Farmácia também falou sobre a modernização tributária do município.

O vereador Zequinha Brasileiro (PV) lembrou sobre o dever do vereador de defender a sociedade. O vereador fez a indicação para a modernização da biblioteca, isenção do IPTU para pacientes oncológicos e a pavimentação de ruas no bairro Dom José Dalvit.

Ronaldo Barreira (SD) questionou o valor de cinco barragens para Nova Venécia por R$ 5 milhões. De acordo com o vereador, é possível construir cada barragem por um preço inferior a R$ 1 milhão cada uma. O vereador também citou algumas obras na cidade, que segundo ele, foram feitas com qualidade duvidosa.

O vereador Dejanir Dias (PSB) propôs um projeto de lei que obriga a prefeitura a dar publicidade a todos os medicamentos disponíveis para a população. Outro projeto do vereador, é o “Farmácia Voluntária”, que estimule as famílias a doarem medicamentos em comprimido que não são mais utilizados e que estejam dentro do prazo de validade para a rede pública de saúde.

Cimar do Altoé (PHS) criticou a educação municipal e pediu a limpeza do bairro Altoé. O vereador também indicou a construção da quadra no Patrimônio do Bis.

A vereadora Gleyciaria Bergamin (DEM) criticou a educação do município, falou sobre as visitas realizadas nas escolas e da denúncia de moradores do Patrimônio do XV afirmando que na EMEF Maria Pereira Carrasco há 27 alunos em uma sala da Educação Infantil, quando o correto seriam, no máximo, 20 estudantes.

O vereador Cabo Tikeira (PV) afirmou que a biblioteca municipal está vazia e abandonada, que a Praça do Granito precisa de banheiros e que as caixas d’água das Unidades de Saúde estão sem limpeza. Propôs também o ticket-feira para os servidores do município, o que vai fomentar a economia e ajudar os produtores rurais.

Mir de Guararema (PDT) agradeceu a Secretaria de Obras pela limpeza dos cemitérios, falou da emenda parlamentar de Rose de Freitas para a construção de galeria no Córrego da Serra e o carreamento das estradas para escoamento da produção de café.

O vereador Juarez Oliosi (PSB) fez a indicação da reforma da quadra de São Gonçalo e questionou a qualidade das obras públicas.

Evaristo Miguel (PTB) citou a falta de estrutura no bairro Santa Luzia e da ausência de creche e pavimentação no bairro São Cristóvão.

O vereador Zé Luiz do Cricaré (PT do B) criticou a educação do município e citou outras denúncias que têm recebido sobre as condições de trabalho nas escolas da rede municipal.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*