Vereadores voltam a criticar falta de segurança na cidade e condições de trabalho dos servidores da limpeza pública

0
313

A sessão de ontem, dia 11, foi dirigida pelo presidente em exercício, Cabo Tikeira (PV).  O presidente da Casa Legislativa, Antonio Emílio (PPS), está cumprindo agenda de compromissos em Vitória.

Com o vereador Cabo Tikeira comandando a Sessão interinamente, a Mesa Diretora foi composta da seguinte forma: Dejanir (vice-presidente), Mir de Guararema (1º secretário) e Cimar do Altoé (convidado para compor a Mesa como 2º secretário).

Durante a sessão, os vereadores voltaram a criticar a falta de segurança pública na cidade. Outro ponto debatido pelos vereadores são as condições de trabalho dos servidores da limpeza pública.

Em sessões passadas, os vereadores afirmaram que o forte calor era um problema para os trabalhadores que ficam o tempo inteiro expostos ao sol. Com o clima mais ameno durante o inverno e as chuvas, o transtorno agora é outro. De acordo com os vereadores, faltam equipamentos básicos, como capas de proteção, para que os servidores possam exercer suas atividades de maneira digna e segura.

Confira o resumo da sessão:

O vereador Luciano Márcio (PSB) falou sobre as condições de trabalho dos servidores da limpeza e reiterou a realização do abaixo-assinado sobre a falta de segurança pública na cidade, que será encaminhado ao Ministério Público.

Juarez Oliosi (PSB) indicou ao município a compra de forma de vigas pré-moldadas para a construção de pequenas pontes no interior do município, o que segundo o vereador, é ecologicamente correto e duram mais do que as pontes de madeira.

O vereador Cimar do Altoé (PHS) pediu mais atenção do município aos trabalhadores braçais. Afirmou também que há famílias em Patrimônio do Bis que precisam ser assistidas pela Ação Social da prefeitura.

Biel da Farmácia (PV) anunciou emenda parlamentar da deputada estadual Raquel Lessa (SDD) de R$ 30 mil para o Hospital São Marcos.

O vereador Evaristo Miguel (PTB) criticou o descaso do Governo Estadual com a segurança pública e a educação. O vereador também questionou o valor das diárias pagas ao servidor do município que atualmente é de R$ 52,50.

Zequinha Brasileiro (PV) disse que a Secretaria Municipal de Ação Social precisa intensificar as visitas domiciliares. O vereador também lembrou a situação dos trabalhadores braçais da cidade que precisam de equipamentos básicos, como capas de chuva para os servidores da varrição, e luvas e máscaras, para os trabalhadores da coleta de lixo.

O vereador Mir de Guararema (PDT) falou sobre o retorno de médicos do Programa Saúde da Família em Cedrolandia e Guararema, da inauguração da Ponte de São Gonçalo e sobre a falta de segurança em Nova Venécia.

O vereador Ronaldo Barreira (SDD) pontuou a reunião com a Nortel na semana passada sobre os serviços de esgotamento sanitário que estão sendo realizados na cidade. Disse ainda, que a emenda de R$ 800 mil para a pavimentação do Parque das Flores, já está na conta do município, o vereador pede mais rapidez à prefeitura para que inicie os trabalhos de calçamento do bairro.

A vereadora Gleyciaria Bergamin (DEM) alertou para a falta de limpeza nos bueiros da cidade. Anunciou também o envio de recursos na ordem de R$ 250 mil do deputado federal Sérgio Vidigal para compras de equipamentos destinados à Unidade Básica de Saúde do bairro Altoé.

Dejanir Dias (PSB) anunciou a entrega de equipamentos agrícolas do deputado federal Freitas para o Córrego do Caboclo. Questionou mais uma vez a falta de flexibilidade do horário de trabalho dos servidores da varrição e criticou a ausência de um horário fixo para a coleta de lixo realizada em cada bairro. O vereador também propôs o aumento do tíquete-alimentação dos servidores da Prefeitura de Nova Venécia.

Compartilhar

Deixe uma resposta

*